Lugar da Rua: onde a simplicidade encanta

Portugal é um país cheio de lugares mágicos e maravilhosos para conhecer e de grande beleza natural, disso não existem dúvidas. Mas é também um território cheio de História, Cultura, Património Arquitetónico e Ambiental, Identidade, Costumes e Tradições. E exemplo disso é Lugar da Rua, que está classificada como Aldeia de Portugal.

Pertencente à União de Freguesias de Aboadela, Sanche e Várzea, no concelho de Amarante, esta Aldeia dista cerca de dez quilómetros da cidade e aqui pode encontrar uma pequena, mas carismática Povoação com casas típicas e construções agrícolas. Posso afirmar que é um genuíno tesouro que transporta os visitantes para os tempos mais longínquos. Fomos à (re) descoberta de mais um lugar encantador e cheio de história, que nem sempre aparece nos roteiros turísticos, mas que merece realmente a visita.  

Quer descobrir o que pode encontrar no Lugar da Rua? Venha daí que esta Aldeia está à espera da sua visita. Deixe-se envolver pela sua simplicidade e encanto!

O que devo conhecer?

Ao passear pelas suas ruelas vai fazer uma viagem ao passado através da Ponte de Fundo de Rua, do Cruzeiro da Ponte de Fundo de Rua, do Pelourinho de Honra de Ovelha, da Capela de S. Sebastião e da Capela de Nossa Senhora da Conceição. 

- Ponte de Fundo de Rua

Digamos que é o ex-líbris da Aldeia e merece claramente uma paragem e um olhar mais atento sobre esta construção Românica (de grande beleza) que foi restaurada em 1630.  

Chegada/o ao local desça as escadas e fique a apreciar esta obra singular e de grande valor arquitetónico. A Ponte, construída sobre o Rio Ovelha, possui quatro arcos desiguais, onde assenta, ao centro, um tabuleiro plano e rampeado nas vertentes laterais. 

- Centro Interpretativo e Cultural do Marão

Próximo da Ponte Fundo de Rua, está situado um edifício devidamente equipado para albergar colóquios, exposições e conferências através de um auditório com cerca de 90 lugares. A nível de alojamento, existem dois espaços com sala de estar, casas de banho e uma cozinha. O espaço é gerido pela Associação de Freguesias Abomarão.

- Cruzeiro da Ponte de Fundo de Rua

A sua construção remete para o ano de 1630 e, segundo se pensa, dada a sua localização, existiria ali uma via de muito trânsito para Trás-os-Montes e Alto Douro, tendo o cruzeiro sido edificado como símbolo de proteção aos viajantes e à própria estrutura. 

- Pelourinho de Honra de Ovelha

É constituído por um soco quadrangular de cinco degraus simples, sobre os quais assenta um soco de planta quadrada e de base circular, onde encaixa um fuste cilíndrico com esfera.

- Capela de S. Sebastião

Em Estilo-Chão, de uma só nave e de planta circular, a Igreja terá sido construída no século XVI. Um retábulo do século XVIII, que hospeda a imagem do mártir S. Sebastião, é possível ver no seu interior. 

- Capela de Nossa Senhora da Conceição

A sua localização encontra-se a meio da Rua de Ovelha e Honra do Marão. O ano de 1639 marca a sua construção. 

Os visitantes podem, a partir da Aldeia e passando por Sanche, explorar o Marãocinho (palavra que, no original, seria Marãozinho, por referência a um Marão pequenino), através da Pequena Rota 2 (PR2) Rota de São Bento, cujo percurso inclui a antiga estalagem de Olo.

A PR2 tem início junto à Ponte de Fundo de Rua. O percurso (circular) tem uma distância de 12 quilómetros e passa por um antigo troço de via romana, junto à ribeira de Marãocinho. 

Após a experiência cultural, embarque numa experiência relaxante e refrescante na Zona de Lazer, onde consta um bar de apoio. 

Que Aldeias de Portugal conhece? Partilhe connosco. 

Saiba mais sobre a nossa visita a mais uma Aldeia de Portugal: Quintandona. 

- Quintandona, uma Aldeia de Xisto encantadora



 

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares